sábado, 25 de janeiro de 2014

Entenda o que é ser imagem e semelhança de Deus.


            No princípio da Bíblia, nos contam que os seres humanos são uma parte honrada da criação Divina. Na verdade, nos contam que Deus criou o homem a sua imagem e semelhança! A palavra Hebraica para imagem é “tzelem” que é derivada da palavra mais curta, “tzel”, que significa “sombra”. Você vê a conexão? Quando raios de luz caem sobre qualquer coisa, uma sombra (tzel) aparece perto dela. De acordo com a Bíblia, um ser humano é nada mais do que a imagem (tzelem) de Deus, porque ele(a) refletem de diversas maneiras a perfeição e beleza Divina.

Outra forma intrigante de ver esta conexão se reflete no nome “Bezalel”. Literalmente, Bezalel (Betzalel) significa

“na sombra de Deus. Ele foi uma pessoa apontada por Deus para criar o Tabernáculo e todas as suas mobílias (Ex. 31). O Tabernáculo, e tudo dentro dele, permitiram que os israelitas se aproximassem de Deus para orar de uma linda maneira.

           De acordo com a Bíblia, quando um ser humano ora para o Deus do Céu e da Terra, é como se ele ou ela andasse em cada sombra de Deus, tornando-se parte dela, refletindo a perfeição e beleza Divina.

Tetxo de Gênesis - 1:26 (Versão retirada do texto original hebraico e a tradução em português)

- Vayomer Elohim naaseh adam betsalmenu kidmutenu veyirdu bidgat hayam uveof hashamayim uvabehemah uvecho haarets uvechol haremes haromes al haarets.

- E disse Deus: façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e tenha domínio sobre o peixe do mar, e sobre a ave dos céus, e sobre o animal doméstico e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que rasteja sobre a terra.

O texto reconhece que o homem tem um valor especial como criatura e que ele participa de uma kabod, isto é, de uma glória especial (Sl 8:9).

A declaração acerca da Imagem de Deus (imago Dei) tem, pelo contrário, sua verdadeira razão de ser no propósito para o qual esta imagem foi dada ao homem – procurador autorizado de Deus – e seu valor reside neste fato (Gn 1:26).

Mas, de acordo com o restante das Escrituras, a imagem de Deus pertence à nossa natureza moral-intelectual-espiritual.

Não é semelhança física. A palavra tselem, isto é, “imagem,” não quer dizer que o homem foi criado representando a forma física de Deus. Pelo que se sabe dos ensinos de Cristo, Deus é espírito infinito, eterno e imutável em seu ser (Jo 4:23.24; Lc 24:39) e não possui forma física ou humana.

Todas as vezes que alguém escolhe uma esposa e se casa, faz um amigo, abraça uma criança ou vai à igreja, esta pessoa está demonstrando o fato de que somos feitos à semelhança de Deus.

Parte de sermos feitos à imagem de Deus significa que Adão tinha a capacidade de tomar decisões livres. Apesar de ter sido dada a ele uma natureza reta, Adão fez uma má escolha em se rebelar contra seu Criador. Fazendo isto, Adão manchou a imagem de Deus dentro de si, e passou adiante esta semelhança danificada a todos os seus filhos, incluindo a nós (Romanos 5:12).

Hoje, ainda trazemos conosco a imagem de Deus (Tiago 3:9), mas também trazemos as cicatrizes do pecado. Mentalmente, moralmente, socialmente e fisicamente, mostramos os efeitos.

As boas novas são que, quando Deus redime uma pessoa, Ele começa a restaurar a imagem original de Deus, criando “o novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade” (Efésios 4:24; veja também Colossenses 3:10).


Se gostou, compartilhe, clieque no g+, marque como interessante.
Abraço!

Por: Carlos Oliveira




Postagem Anterior
Proxima Postagens

Postado Por:

2 Comentários:

publicidade